Pilates adaptado à cadeirantes


PILATES ADAPTADO À CADEIRANTE

PILATES ADAPTADO À CADEIRANTE

Pilates adaptado à cadeirantes com paraplegia espástica

A paraplegia espástica (ECNP) é uma patologia desenvolvida na infância sem efeitos progressivos, mas que podem desenvolver deformidades e incapacidades se não houver o tratamento adequado e prevenções de posturas viciosas que surgem ao longo do tempo. Serão abordados alguns exercícios de Pilates para cadeirantes, as possibilidades de adaptação e indicação de exercícios que favorecerão o desenvolvimento do seu aluno.

Hoje falaremos sobre Swimming  

Para o cadeirante com paraplegia espástica é importante trabalhar a ativação da musculatura extensora de tronco pois ele permanece longos períodos sentados na cadeira e geralmente em um padrão flexor da cadeia anterior do mesmo ocasionando grandes encurtamentos de musculatura abdominal, peitoral, psoas e ilíaco.

Neste exercício de hoje temos como objetivo a ativação da extensão do tronco, o alongamento passivo da cadeia anterior em decúbito ventral (deitado de barriga para baixo) e a coordenação motora ao alternar os movimentos de membros superiores e inferiores.

Posição Inicial 

Deitado no solo em decúbito ventral, braços estendidos acima da cabeça e pernas estendidas.

Execução adaptada

Mantendo o posicionamento, realiza-se uma inspiração, em seguida a expiração enquanto eleva-se um braço e a perna contralateral, realiza-se uma nova inspiração antes do retorno do movimento com os membros elevados e a expiração para o retorno à posição inicial, finalizando a sequencia executa-se o movimento de braço e perna do lado contrário.

IMG_1439

IMG_1440

IMG_1443

Podemos verificar que os exercícios de solo em decúbito ventral ( e quatro apoios) garantem maior amplitude de movimento de extensão torácica em comparação com as posições  de pé ou sentada (EDMONDSTON, SJ; WALTER R. ; VALLIN P.; HOLTHE A.;NOEBAUER A.; KING E., 2011). Por este motivo selecionamos este exercício como um dos que podem favorecer a mobilidade e força dos músculos extensores da coluna. 

Vinícius Vieira de Sá
Educador Físico – Docente Pilates Institute – Responsável pelo Estúdio Essencial Pilates e Tratamentos Corporais – essencialptc@gmail.com

Referências:

EDMONDSTON, S.J; WALTER R. ; VALLIN P.; HOLTHE A.;NOEBAUER A.; KING E., 
“Thoracic spine extension mobility in young adults: influence of subject 
position and spinal curvature”  PMID:21335925, Pubmed – indexed for 
MEDLINE, 2011.

Deixe seu comentário aqui